27 de ago de 2008

ORKUT!

Sorte de hoje: É difícil resistir seu jeito cativante


Será?

25 de ago de 2008

Santo Antonio esq. Cristovão colombo

Ele me olhou como se entendesse tudo que passava na minha cabeça.
Ele entendia como eu queria comprar uma bergamota e como eu estava irritada pelo tio das bergamotas não estar na sua banquinha no momento que eu queria, ele sabia que eu não tava afim daquela aula e ele sacou também a minha chapadera.

Ele parou no orelhão tentou inutilmente uma ligação e meus olhos já não conseguiam mais sair dos dele.

O tio da bergamota chegou. Eu dei o dinheiro peguei as bergamotas e quando me dei conta ele tava me olhando pela última vez.

Depois disso ele seguiu seu rumo e eu o meu.

Cheguei a imaginar uma abordagem, um esbarrão, uma troca humilde de palavras.

Pura imaginação.

Acho que nunca mais o verei.

Foi bom. Por alguns segundos me senti a pessoa mais amada do mundo. Ninguém pode dizer que não.

Menino do orelhão, se um dia leres isso: Meu muito obrigada! Fizeste meu dia mais feliz.

Você não entende nada

A casa está em silêncio. Essa é uma das horas do dia que mais gosto. Todos dormem e eu fico acordada escutando os ruídos das portas batendo com o vento que entra pelas frestas da janela. De dentro do meu quarto eu fico imaginando o que as pessoas devem estar fazendo dentro de suas paredes.

Sinto meu corpo pesado, tomo um gole de chá e lembro do trabalho para a faculdade. Vejo alguns livros jogados ao lado da cama. Chega a ser engraçada a capacidade que eu tenho de me enganar. Todo mundo, que me conhece um pouquinho, sabe que eu nunca começaria um trabalho à uma da manhã de um domingo. Acho que só eu não sabia.

O barulho das portas é interrompido. Caetano Veloso. Ele sabe das coisas.

Sinto meu corpo mais quieto, mais calmo. À alguns 30 minutos átras minhas lágrimas se misturavam com a água que caia do chuveiro. Essas são as mesmas lágrimas que com frequência costumam aparecer no meio de madrugadas solitárias. Madrugadas como essa.

A única coisa que me da medo agora é se tu vai me deixar dormir. Se quando eu desligar o computador, abaixar a música e apagar a luz tu não invandirá meus pensamentos como fez com a minha vida.

Invadiu e bagunçou tudo.

Vou tentar começar o trabalho. Vou folhar umas cinco paginas de algum livro, piscar os olhos freneticamente até me dar conta que estou com sono. Desligarei a luz e ai...


Eu quero que você venha comigo.
Mas você não entende nada.

24 de ago de 2008

Fim de tarde.
Te quero mais perto.
Bem mais perto.
Noite.
Até que nossa distância seja zero.
E em um único abraço agente se torne uma única pessoa.
Manhã.

Prometi não falar mais de amor e de seus derivados?
Pois é, quem mandou você acreditar em mim?





brincaderinha....

20 de ago de 2008

Tá na hora de escutar mamãe e papai.
Essa vida não nos leva a lugar nenhum.
O problema está em nós mesmos.

POR FAVOR ALGUEM ARRANCA ESSA ANGUSTIA DE DENTRO DO MEU PEITO?

18 de ago de 2008

A cabeça giraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Parece que tomei outra daquelas porcarias




putttzzzzz...eu tomei...

17 de ago de 2008

IN SÓ NIA

É tarde.

Minha respiração está ofegante e meu coração disparado.
Minhas pernas tremem. é um nervosismo chato de quem tem algo a dizer.
Minhas pálpebras já não fecham mais.
O sono que antes amolecia meu corpo se transforma em uma inquietação de espírito.

É tarde.

A minha vontade era de virar pro lado e te ver dormindo, de ouvir tua respiração alta e sentir tua perna enrroscada na minha.
Eu queria acordar contigo, olhar pra tua cara amassada e ter a certeza que mesmo depois de tudo era desse jeito que as coisas deveriam terminar.

É tarde.

E o que eu mais queria era catar algumas roupas, subir em uma moto, buzinar na tua janela e falar: ei, vamos ser feliz?
mas como eu já te conheco, sei que tu não levaria a sério, e ai meio nervoso tu diria: para com isso, sobe ai e vamo fuma um!
Viu, eu já te conheço.
Eu já me conheço.
Eu subiria, te daria um beijo no rosto e desistiria dessa ideia idiota de ser feliz com alguém. De ser feliz contigo.

Já é tarde pra começar o processo inverso. Vou esperar até amanhã.

Prometo não falar mais de amor.

Boa noite.

O tricolor, O domingo, O roteiro e o Coração

A mais remota chance de te perder, de não te ter mais na minha vida, de um jeito ou de outro, já faz com que minhas pernas tremam, meu estômago encomode.

O que esta acontecendo?
O mundo está ao contrário e ninguém reparou.
O que está acontecendo?
Eu estava em paz quando você chegou.

O gremio ganhou. De novo.
Uma seqüencia de derrotas se torna chato.
Uma sequencia de vitórias se torna mais chato ainda.

Eu trocaria a eternidade por essa noite.

Foste o protagonista do meu roteiro. Do meu roteiro de domingo.
Protagonista do meu domingo.
E de muitos outros.
Espero.

O que você esta dizendo?
Milhões de frases sem nenhuma cor.

*trechos de relicário (nando reis e cassia eller)

16 de ago de 2008

Ansiedades

Hoje vou esperar
Hoje vou sentar na cama, ligar a tv, mudar inutilmente de canal procurando algo interessante para ver
esperando que ele ligue

Ele provavelmente não vai ligar
Eu provavelmente irei ligar

Oiii
Eai
Planos pra hoje?
Não sei
Bom, eu tava afim de algo! se ficar afim me liga!
Tá, se quiser chega ai mais tarde!
Tá!
Beijos
Beijos

Enquanto olho no relógio e vejo os minutos passarem cada vez mais rápido a ansiedade me come por dentro

4 de ago de 2008

PROJETOS

Um bolo de CHOCOLATE. Lembrar de comprar o Nescau. O último tava vencido.
Uma personagem. Que não fale PALAVRÕES ou de amores mal resolvidos.
Um documentário. Lembrar de escrever o ROTEIRO.
Um carro. Não PRECISA ser o carro. Aprender a dirigir já me basta.
Um AMOR. Desses que agente sente até nos ossos.
Um dentista. Ou alguém que cuide de bocas. Ando falando DEMAIS.
Uma casa. Em que eu fique SÓ. Até por alguns dias.
Um CAFUNÉ. Ando fazendo demais. E recebendo de menos.
Uma PLANTAÇÃO de mac_ _ _ _ . Na casa em que eu irei morar só. Ou com ele.
Uma dose extra de carinho. Meus PAIS merecem. Ando gélida.
Um CHEGA. pra parar de fazer tantos projetos.

Sossega, Leoa!