30 de set de 2008

você pode estar aqui.

Se eu fosse escrever um livro hoje, a dedicatória seria assim.



A minha mãe e meu pai. É por eles que sou quem sou.
Ao meu irmão, pequeno gênio. Quem me fez aprender que o chocolate tem de ser dividido em dois.
As minhas avós lindas. E as melhores histórias.
A Ana. A irmã que eu não tive. Por todos os momentos e todos os baseados.
Ao Chico Buarque. O homem da minha vida.
Ao Guigo. Foi por ele que conheci o Chico. Toráx de Superman e coração de poeta.
Ao Tomer, ao André, ao Lelê, ao Lucas, ao Fábio, ao Francisco, ao Felipe .... por terem me ensinado a amar e a odiar.
Ao Ricardo. E seu jeito inexplicável de ser. Ele sendo já me faz feliz.
A Elisa, a Bê, a Bruna, a Sheila e a Mari. Minhas meninas. Qualquer momento fica melhor com elas.
Ao Rafa, o melhor amigo distante!
Ao teatro. O rei sol.
Ao cienema. Meu vício atual.
Ao zinho. Por ele nunca me deixar na mão.
A Ana.C. Seus ouvidos de ouro. Ninguém me escuta como ela.
A Jô, a Carol(volta logo), a Nicole, a Nessa. AMIGAS
A Tuti. Devo minha faculdade a ela.
Ao Bertolucci. E seus sonhadores.
Ao Che. Hasta la vitória Siempre.
Aos Beatles. Por eles serem a melhor banda de todas.
Ao Bob Dylan. E ao Caetano veloso.
Ao Habonim Dror.
A redenção e seus dias de sol.
Aos ausentes e aos presente. Aos esquecidos e aos lembrados.
VOCÊS SÃO FODA!

28 de set de 2008

Eu e Ele

O cheiro dele ainda estava em minhas costas, a lembrança recente de cada momento fazia com que minha pele arrepiase, suas poucas palavras continuavam a ressoar na minha cabeça.
Queria que fosse interminável.
No fundo eu sabia que o dia seguinte chegaria, que teria que sair de lá, atrasada com o mundo que passava correndo do lado de fora.
Por mim, me esquecia e me perdia dentro do caos de suas paredes.

Agora por ele...

26 de set de 2008

"Let's spend the night together

Now I need you more than ever"


Sem mais.

21 de set de 2008

DOMINGO

Uma taça de vinho, um baseado e mais um fim de noite solitário.

20 de set de 2008

SÁBADO

2:40 da manhã.
A festa estava cheia.
Muito cheia.
Seu celular não pegava.
A angustia de saber se ele ligaria não a deixava aproveitar a festa.
Seus pés já encomodavam.
A falta de grana não lhe dava nem o direito de beber até esquecer que ele existia.
Nem mensagem.
Nem ligação perdida.
NADA.
Ou ele ainda estava na rua ou a vontade dele era dormir sozinho.
Ou com outra.
Ou com outras.
Ela nunca saberia.
E ele provavelmente nunca falaria.
Ele não falaria nada.

O que lhe restava era um fim de noite sem poesia.
Sem prosa e sem poesia.

19 de set de 2008

SEXTA-FEIRA

Quano que tu iras descobrir que a melhor companhia é tu mesma?

Baita Zé Celso

E novamente a vontade de fazer teatro pulsa.

pulsa.

pulsa.

13 de set de 2008

Mais uma vez me sinto em tuas mãos.

E por ironia.

As mais belas mãos já vistas.




Lembrete: Semana nova, coração novo.

11 de set de 2008

LIKE A ROLLING STONE

























ELE É O CARA!!!

LEMINSKI DO DIA

Apagar-me
diluir-me
desmanchar-me
até que depois
de mim
de nós
de tudo
não reste mais
que o charme.

9 de set de 2008

Tua instabilidade me deixa louca.

Tu poderia, por obséquio, tornar as coisas um pouquinho mais fáceis?



Seria melhor.
Pra mim.
E pra ti.


E aquele papo de sermos felizes.
Juntos?



E em cada verbete
Um singelo lembrete:"Em sua companhia quero estar" *



*Móveis coloniais de Acaju

7 de set de 2008

SAMPA



Alguma coisa acontece no meu coração....

É estranho voltar depois de muito tempo.

Estranho, mas importante.

É bom ver as coisas com outros olhos. Olhos menos apaixonados.

Olhos mais sincero.

Foi a primeira vez que o corpo foi e a cabeça(coração) ficou.

Normalmente o corpo ficava e a cabeça tava lá.

Eu vi caos em forma de cidade.

4 de set de 2008

LONGE

Odeio estar aqui e me sentir indiferente a ti.



flat, ana, beisis, luzes, comidas boas....

3 de set de 2008

TRECHOS DE CLARAH AVERBUCK

Li no blog da sheiloca e achei que certos trechos da Clarah Averbuck definiam muito do que eu sinto! clarooo que não ao pé da letra. Tá, que seja!
Aí vai alguns deles!
Have fun!

"Quando digo que só faço merda quando me apaixono, realmente falo sério. E a merda é sempre proporcional ao tanto que gosto do sujeito. "

"Homens, eu os amo mas eles fodem com a minha cabeça. Não entendo. Entendo, claro. Mas não entendo."

" Precisava de um homem. Colo e sexo e risadas. Não sei viver sem isso.Socorro. Homem, preciso de homem. Carinho. Foder até pingar de suor. Carinho. Socorro."

"E mediano não me interessa. Extremos, quero extremos. Quero um louco me seguindo de carro nas ruas. Quero alguém tão apaixonado, doentio e obcecado quanto eu." Essa é ao pé da letra.

Fui pra São Paulo! Me espera!

1 de set de 2008

PQ EU SEI QUE TU GOSTA DESSA...

"E não posso entender
Tanta gente aceitando a mentira
De que os sonhos desfazem
Aquilo que o padre falou
Porque quando eu jurei
Meu amor eu traí a mim mesmo
Hoje eu sei que ninguém nesse mundo
É feliz tendo amado uma vez
Uma vez
Eu perdi o meu medo
Meu medo, meu medo da chuva
Pois a chuva voltando pra terra
Traz coisas do ar
Aprendi o segredo
O segredo, o segredo da vida
Vendo as pedras que choram
sozinhas no mesmo lugar"


A minha forma de dizer que foi demais!