8 de nov de 2008

Conversas de butequim

Bom dia, será que tu pode me dizer o que eu faço aqui na tua cama, com a minha perna enrroscada na tua e a tua respiração nas minhas costas?

Olha. Eu não sei bem. O que eu lembro é que agente tava lá. Ai nossos olhares se encontraram. Tu sorriu, eu continuei sério. Tu pediu uma seda, eu fumei do teu baseado. Agente converso por horas.

E depois?


Depois eu não lembro mais.

Deve ter sido a tequila.

Ou a cerveja em excesso.

Tá. Mas e agora? o que eu faço?

Sei lá. agora tu foge.

Entao ela se levantou, se vestiu e sumiu.

Nenhum comentário: