18 de out de 2008

eu juro que levo teus olhos castanhos comigo

Meu amor
eu te odeio
você me perturba
e um dia
eu ainda vou conseguir
te matar

Fim de semana começando bem.
Meio roteiro escrito.
Uma ausência de encomodos na regiao esquerda do peito.

É uma alegria sem motivo, que sobe pelos meus pés, pernas, barriga e cabeça.
Nehuma droga. Nem maconha, nem ácido, nem alcool.
Apenas eu e meu corpo. E meus sonhos baratos de como me tornarei uma baita cineasta.
Creio que eu esteja me descobrindo só agora.
Agradeço mais uma vez a vocês:
Homens que insistem em me deixar sozinha.
Só.
Zinha.

2 comentários:

Betânia Dutra disse...

ótimo!!!!!!!
e essa música é o máximo, que bom que resolvi te mandar ela :)
a solidão é um luxo meu bem, aproveita :D
bê-jo Bê!

Cristina Arena disse...

achei teu blog sem querer. tão bom isso que tu escreveu!
abraço