13 de out de 2008

Morte as comédias românticas

Hoje resolvi assistir sessão da tarde. Dez coisas que eu odeio em você. Um dos meus filmes prediletos da adolescência.

Terminou. Fiquei com raiva. Porque esses roteiristas infelizes não fazem um filme adolescente realista. Qual o motivo de deixar milhares de meninas achando que um cara LINDO vai cantar “I love you baby” nas arquibancadas da escola?

Porra! Até eu, com 19 anos, pés no chão e nenhum pingo de fé nos homens me iludo e por segundos penso que aquilo realmente vai acontecer.

Cara, não vai.

Então, não é muito mais fácil dar a real? “Hó meninas, a vida é assim, os homens são assado e o final raramente é feliz”.

Suponho que não seja mais fácil, então.

Pensar é sempre mais difícil.

Tudo bem.

Se um dia alguém cantar seu amor por mim dessa forma, prometo fazer comédias românticas pro resto da minha vida.

Putz isso pode afastar futuros pretendentes. Prometo fazer filmes legais e comédias românticas!

“...Odeio quando me faz rir muito
Mais quando me faz chorar...
Odeio quando não está por perto
E o fato de não me ligar
Mas eu odeio principalmente
Não conseguir te odiar Nem um pouco
Nem mesmo por um segundo
Nem mesmo só por te odiar"

Nenhum comentário: