20 de out de 2008

Minha vó já dizia

A males que sempre vem pro bem.

É sempre assim.

Novos males, novos mares, novos amares.

Um comentário:

Betânia Dutra disse...

ai que amor esse textinho :)
voltei alicinha lucinda!
bê-jo ;*