1 de jul de 2009

con junto de mim: em ti.

vem.
cadê tu. meu tu inventado, embolado, enroscado.
cadê meu principe destronado.
quero meu conto de fadas.
quero a antítese dele.
te quero diferente.
ao contrário.
não do que tu é.
mas sim do que somos.
seria simples.
vem.
te solta desse lugar nenhum.
ainda tem tempo de existirmos juntos.
conjunto.
eu grito.
vem.

4 comentários:

cles disse...

Quanto querer neste coraçãozinho...

=*

cles disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Delírios Cotidianos disse...

Ah, nossas paixões idealizadas! Quantas dores nos causam!! Artistas - esses saltimbancos do viver - possuem tantas que perdem as contas, e os que não possuem, um dia as terão.

Falo porque também sofro, e como!

Adorei o escrito. Vamos virar e revirar esses seres o mais que pudermos, para então sentir a alegria de desejar esses Musos e Musas!

Mariana disse...

Porque você não fala isso na cara dele e acaba com esse joguinho estúpido?